segunda-feira, abril 06, 2009

A imagem do Cruzeiro resplandece


Uma namorada me fez um dia a seguinte ameaça: “Ou eu, ou o Cruzeiro”. E eu respondi: “Acho que você não quer saber essa resposta”.

Isso deixa tudo explicado. Não há nada mais para ser dito, mas existem muitas coisas que devem ser faladas. Afinal, o que é o amor senão falar sobre o que não precisa ser dito?

Eu tenho certeza que nasci cruzeirense. Muito, muito, muito antes da explosão do Big Bang eu já era cruzeirense. E tenho certeza que chorei de alegria quando tinha apenas alguns dias de vida e me deram meu primeiro presente: uma camisa do Maior de Minas, o meu eterno Santo Sudário, as cinco estrelas, a cruz, o Cruzeiro que eu carregaria sempre comigo. Não nas costas, mas do lado esquerdo do peito na camisa, e na pele.

Quantas vezes já não me perguntei o que era essa bobagem de torcer por onze homens correndo atrás de uma bola. Que coisa é essa de amar de um amor tão maior que a maioria dos amores existentes? Por que chorar quando perde? Por que ser a pessoa mais feliz do mundo quando ganha? Por quê? Pra quê?

Por que deixar de fazer tudo pra ver meu time jogar? Por que me matar de raiva por uns jogadores que, na maioria das vezes, não compartilham do meu sentimento?

Ora, o óbvio tem que ser ressaltado! Não jogam os jogadores, joga a camisa... O gênio não era o Alex, era a 10. O Fred, o Ronaldo, o Fábio Júnior, o Marcelo Moreno nunca fizeram um gol: a artilheira é a 9. Dida, Fábio, Gomes? Nada! Quem faz milagres é a 1. A 1, a 10, a 9, e mais aquela multidão de camisas azuis e brancas que eu sempre vi cantar na arquibancada...

Talvez eu seja cruzeirense porque meu pai quis assim, e ele porque meu avô quis. Mas não... E, sem querer desprezar a genética azul e branca da família, posso dizer que, mesmo tendo nascido no Japão, eu seria cruzeirense. Não faz sentido nenhum, eu sei. Mas é assim mesmo, o amor nunca precisou fazer sentido. Ele é uma certeza, e as dúvidas que o cercam só fazem aumentar o tamanho da convicção.

Quer ver só! Existe coisa mais bonita do que quando, com só oito anos, escutar alguém falando qualquer coisa do seu time e você lembrar o 6 a 2 do seu time em cima do Santos de Pelé? É claro que a mesa de atleticanos adultos ficou calada, sem ter o que responder.

Ou existe uma tristeza maior do que perder de goleada para o maior rival e ir ao cinema não para ver o filme, mas pra tentar esquecer pelo menos um pouquinho da tristeza daquele dia?

Existe esperança maior do que, em fevereiro de 2003, a caminho do Mineirão, amarrar no pulso uma pulseira do Senhor do Bonfim e fazer os seguintes pedidos: “eu quero que o Cruzeiro seja campeão mineiro”, “ eu quero que o Cruzeiro seja campeão da Copa do Brasil” e, por último, “eu quero que o Cruzeiro seja campeão brasileiro”? Tem coisa melhor do que sentir que contribuí para a conquista de uma Tríplice Coroa?

É, isso é amor. Alegria, tristeza, esperança, mas, principalmente, confiança. E eu confio, e eu amo, e eu sou...

Nunca foi só paixão, sempre foi muito mais que isso. Sempre foi inabalável, incorrigível e rebelde. Vai além das minhas idéias, das minhas opiniões, do meu estado de espírito. Antes de me chamar João Gabriel, eu era cruzeirense. Antes de escrever qualquer coisa, eu era cruzeirense. Antes do céu e da terra, eu era cruzeirense. Antes de acreditar em Deus, eu era cruzeirense. Antes de ser cruzeirense, pasmem!, eu era cruzeirense.

E não, eu não torço contra o vento. Nunca torci. Nunca precisei disso. Mas não porque eu torça menos, ou porque meu amor seja menor. E sim por um belo e simples motivo: eu estou sempre vestido com minha pele azul e branca. Além disso, minha fé no Cruzeiro Esporte Clube nunca fica no varal.


-João Gabriel Furbino de Novaes Gomes

42 comentários:

Leandro disse...

Parabéns! Emocionante! Resplandecemos todos, sempre! Pelo menos aqueles que estão do lado azul da força! Saudações! Leandro Neves

Smiri disse...

Seu filho é o autor?? Muito bom o texto, mas não gosto do cruzeiro! u.u

;***

Anônimo disse...

ai Joao Gabriel...o texto ficou legal...mas pq vcs semprem tem q citar o atletico?
este ultimo paragrafo... brother, respeito o drummond.. nada haver o que vc flw...
ja que eh tao cruzeirense...post uma cronica apos a final do mineiro e dpois da eliminacao azul na libertadores ok? valeu
Hudson

Anônimo disse...

doreiiiii!!!!!!!!!!!!
bejss aninhahhhhh aluna culti du seu pai

don-aire disse...

Edmundo

Un saludo desde Cataluña. Recuerdos de todos nosotros. Te sigo la pista con interés, con devoción y (debo confesarlo) con admiración y envidia.

Espero que nos reencontremos en algún lugar.

Saludos

AÇÃO TUR disse...

Oi professor Edmundo,
O resumo do livro até o capitulo 5 já está postado. E o trabalho que tem conceituar e colcar imagens. Já estão todos postados no mês de março. O resumo do livro estamos postando todos juntos na sequencia. Será que tem problema?
Att +
Cássia Cota

Anônimo disse...

Socorro, que tamanho fanatismo estupido.!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Cássia disse...

Boa tarde Edmundo! Eu acabei de observar que você fez um comentario nas figuras do Tur Escambo dos meninos! Colocou um (visto) foi uma forma de avaliar individualmente? Pois na minha gravura você não fez nenhum comentario.

Att
Abraço

Anônimo disse...

Muito criativo o texto! Nele você mostra mesmo o quanto gosta do cruzeiro!Mais que justo, é o time mais lindo que tem. ^^

Anônimo disse...

olaaaaaaaaaa joão gabriel, adorei sua postagem, tambem tenho o sangue azul e branco....huhuhuhuh tamo nessa.........até morrer

Anônimo disse...

adorei o texto muito bom
natalia peixoto silva

Biel disse...

cara muito bacana, mas se fosse do galo doido seria bem melhor, paixão alvinegra é bem maior que a celeste.
abração, Gabriel Lucas.

Anônimo disse...

sada

Anônimo disse...

Legal o texto, Talvez eu largaria a minha namorada para torcer para o Coelhão!!!! Ou não
Rafael Frois

Anônimo disse...

legal.
sangue azul...gostei



claudinei morais

Anônimo disse...

Achei legal da sua parte mostrar quanto você gosta do 5 estrelas mas sou mais o são paulo.E por que não Galo.

Anônimo disse...

olá Joao Gabriel...o texto ficou legal.Mas ainda acho o clube atlético mineiro o melhor do Brasil.......

Débora Souza

Anônimo disse...

voce bem fanatico

Anônimo disse...

Descupa irmão mas fui obrigado a ler sobre seu time mas sou atleticano nato e não mudo! Acor azul é bonita mas seu time é podre!!!GOLOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

cruzeiro o guerreiro dos gramados sou cuzeirence apaixonado e pra sempre vou te amar...
zero tua história é tão bonita ja faz parte da minha vida pros meus filhos vou contar.....
para vc João Gabriel com muito carinho, o trexo de um dos hinos do nosso gracioso cruzeiro de uma das seguidoras do time mais lindo de BH.

Anônimo disse...

Apesar de ser ATLETICANO a sua postagem ficou bacana!
Rrlatando seu amor pelo seu time(apesar que o ATLETICO R MELHOR)
Vc ta de parabens!

Anônimo disse...

Esse sim é apaixonado pelo Cruzeiro... Até bacana seu texto... mas eu agrado mais do Atletico
=)
Fernanda Cley

Anônimo disse...

Muito criativo o texto! Nele você mostra mesmo o quanto gosta do cruzeiro!Mais que justo, é o time mais lindo que tem. ^^

Fabiana

Anônimo disse...

pohhhhhhhhh....vc é doente mesmo pelo cruzeiro..hemmm...parabens....seu sangue deve ser azul velho ..bacaninha demais
é isso ai zerooooooooooooo.....valew
alessandra santos......

Anônimo disse...

Olá Edmundo. Tudo bem? Acabei de ler seu texto, e sinceramente achei que é um texto de um legitimo cruzeirense fanatico. Não sei se vale a pena depositar todo esse amor a um time, mas isso ai é de cada um. Cada pessoa aplica o amor que tem a algo ou a uma pessoa.

Abraços,

Maria Tereza

Anônimo disse...

Olá tudo bem?Pode ter a oportunidade de ler o seu blog gostei foi um show. na realidade o cruzeiro e demais e o melhor time mineiro, vc esta de parabéns...um grande abraço.


ass:irani

Anônimo disse...

Oi Edimundo hoje tenho aulas com um antigo aluno seu o Rafael Frois seu texto e interesante mas eu sou atleticana de nascença e não concordo de qualquer pessoa colocar o nome de Deus em apostas ou no meio de jogo.
abraços!!!!!!!!!


Anne F.Afonso

Anônimo disse...

NOsssa,o texto ficou criativo,eu so achei desneçessàrio,citar o time
dO atletìco,mais è issu UAI,o
ATLèTICO,ta em tudO mesmooO.
fazer oq nè!!!

ATLÈTICO NOS PENSAMENTOS, DOS MARIAS.

ASS:LORRAYNE ATLETICANA NATA "

Anônimo disse...

TE ACHEI MUITO LOUCO PELO CRUZEIRO, MAS ACHO SE TODA ESSA PAIXAO FOSSE POR JESUS CONCERTEZA MUITAS VIDAS SERIAM ALCANÇADAS POIS O SEU DISCURSSO FOI BASTANTE CONVINCENTE.
QUE DEUS TE ABENÇOE HOJE E SEMPRE!!!

THAIZ AUGUSTO

Anônimo disse...

Desculpe-me + ñ sou boa em fazer comentarios a respeito de time, mas gostei muito do seu texto a respeito do cruzeiro bom pelo menos voce é parece ser sincero quando quando diz a respito do seu time... Bom respeito voce e o seu time afinal cada um no seu quadardo né?
Mas sou atleticana ate morre nao mudo mesmos a s pessoas exagerando que sou sofredo mas luto e tenho fe no meu atletico.

Cordialmente eu ... Abraços e boa sorte com seu time com todo respeito!

Anônimo disse...

E ai ed world, sou aluno do Frois...
Bacana seu texto... tem ki torcer pro CRUZEIRAO awe auhsuashu Dá le ZEROOOO..

Abraços,
Henrique

Cidadão Cão disse...

Pessoal, obrigado pelos comentários. Mas este texto não é meu, mas do João Gabriel, meu filho.

Anônimo disse...

tudo bem ne joul gostou ja era.eu tenho um amigo que e bem parecido com tu .mas com todo respeito a vida tem coisas melhores que o cruzeiro ou qualquer outro time que exista e aposto que tua ex e uma delas. falou valeu aqui e o bryan do cdd aluno do rafa frois que diz foi seu aluno

Anônimo disse...

que deus abençoe sua vida e te perdoe pq ele te mando um chuva de bençao antes msm de vc nascer, por isso msm antes de vc nascer ele ja te conhecia e te amava,com pecados ou nao. PENSE NISSO E PEÇA PERDÃO.
mais um motivo niguem nasce cruzeirense, mas sim vira.

AMIGO EU SO DA GALOUCURA, EU CURTA A VIDA SEM FRESCURA.

FORA ISSO FUTEBOL É PAZ
FICA COM DEUS

RAFAEL(KAKÁ)

Anônimo disse...

Acha que vai ganhar algo por amar um time de futebol? Eles estão ganhando milhões, e você? Eu odeio futebol, mas se você se sente bem assim, ai é problema seu.

Ass: Schneider

Alan Terra disse...

Belo texto, apesar do Cruzeiro. É a cria já se fazendo notar hein Edmundo!? Como sempre, em qq manifestação cruzeirense, está lá o nome do glorioso: o maior e mais querido de Minas! O inesquecível GALO.
Um abraço!

Rafael Frois - Turismologo disse...

Fala Professor!! Invadir seu blog novamente. Agora em uma oficina específica de criação de Blogs. Depois vou enviar o link com os produtos.

stephanie disse...

Quem quer fazer alguma coisa descobre os os meios, quem não quer inventa desculpas...
Pergunta para algum jogador ou dirigente do Cruzeiro se eles ligam pra essa palhaçada...Provavelmente nem sabem que vc existe...Vai se tratar,rapaz!

ARAEL MAGNUS disse...

Olá jovem...parabéns pelo material...muito bom. E aproveitopara te convidara conhecera VERDADEIRA história do Cruzeiro no blog http://aimagemdocruzeiroresplandece.futblog.com.br/
onde vc terá uma visão real das lutas para que a nação azul chegasse onde está, e galacticamente prosseguir. Uma braço Celeste
ZÊR^OÔÔOOO

Fragmentos do Cotidiano disse...

Os textos desse blog são o máximo. Emocionantes. Diferentes de quase tudo o que se lê na web.
Parabéns, Professor Edmundo e família.
(Espero ser contagiado por essa inspiração durante o curso)
Um abraço,

Fransisnei Bispo

Anônimo disse...

Não gotsei do que você fez, trocou sua namorada pelo time do cruzeiro ,se fosse pelo atletico ate entenderia.
que feio se fosse eu tira ficado com mita ariva de você...
me trocar assim por algo não tão valioso que vergonha......
kkkkkkkkkk

Tiago Tenório disse...

Como é Ed? Tô esperando aqui, cadê texto novo? Bora escritor!

tenório gomez